Psicólogo: Como escolher um bom profissional?

 

Psicólogo, você já pensou em procurar este profissional? Em algum momento da vida, todo indivíduo pode sentir-se sobrecarregado. Pode precisar de ajuda para lidar com seus mais diversos problemas. De acordo com o Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 3 em cada 10 brasileiros sofrem de ansiedade ou depressão. Precisam de ajuda para lidar com sentimentos e problemas que parecem estar além do seu controle – problemas com um casamento ou relacionamento, uma situação familiar, a perda de um emprego, a morte de um ente querido, a depressão, o estresse, burnout ou até abuso de substâncias.

Essas perdas e tensões da vida diária podem às vezes ser significativamente debilitantes. Às vezes, é preciso contar com ajuda de um psicólogo, um profissional treinado e capacitado para nos ajudar a elaborar esses problemas. Através da terapia, os psicólogos ajudam pessoas de todas as idades a viver vidas mais saudáveis ​​e mais produtivas.

Considere fazer terapia se

  • Você sente uma sensação esmagadora e prolongada de sensação de impotência e tristeza.
  • Você sente que seus problemas não parecem melhorar, apesar de seus esforços e ajuda da família e amigos.
  • Você está achando difícil realizar atividades diárias: por exemplo, você é incapaz de se concentrar em tarefas no trabalho, e seu desempenho está sofrendo como resultado.
  • Você se preocupa excessivamente, espera o pior ou está constantemente no limite.
  • Suas ações são prejudiciais para si ou para os outros: por exemplo, você está bebendo muito álcool, abusando de drogas ou tornando-se excessivamente agressivo ou irritado.

O que faz um psicólogo e o que é psicoterapia?

Psicólogos que se especializam em psicoterapia e outras formas de tratamento psicológico são profissionais altamente treinados com experiência nas áreas de comportamento humano, avaliação de saúde mental, diagnóstico, tratamento e mudança de comportamento. Os psicólogos clínicos trabalham com os pacientes para mudar seus sentimentos e atitudes e ajudá-los a desenvolver padrões de comportamento mais saudáveis ​​e mais eficazes.

Os psicólogos aplicam procedimentos cientificamente validados para ajudar as pessoas a mudar seus pensamentos, emoções e comportamentos.

Psicoterapia é um esforço colaborativo entre um indivíduo e um psicólogo. Ela fornece um ambiente de apoio para falar abertamente e confidencialmente sobre preocupações e sentimentos. Os psicólogos consideram a manutenção de sua confidencialidade extremamente importante e responderão às suas perguntas sobre aquelas raras circunstâncias em que as informações confidenciais devem ser compartilhadas.

Como encontrar um psicólogo?

Para encontrar um psicólogo, peça ajuda ao seu médico ou outro profissional de saúde. Solicite referência de amigos ou pessoas da sua confiança. Consulte uma universidade local ou departamento de psicologia da faculdade. Essas instituições possuem clínicas escolas que oferecem serviços com valores sociais. Entre em contato com o centro de saúde mental da comunidade da sua área (CAPS). Pergunte na sua igreja ou instituição religiosa do seu bairro.

Você poderá utilizar um serviço de geolocalização e filtros de especialidade. Analisar o currículo do profissional. Verificar a recomendação de outros usuários e escolher a opção mais apropriada para suas necessidades. Se você estiver em um local remoto, com pouco ou nenhum acesso a serviços de psicologia, também poderá optar pelo consultório virtual. Nessa modalidade é possível conversar com um psicólogo através de chamadas de videoconferência, a qualquer dia, local e hora. Este serviço tem sido muito utilizado por brasileiros que estão expatriados e têm dificuldade em receber orientações de um psicólogo em uma língua diferente da materna.

Que critérios considerar na escolha de um psicólogo

Psicólogos e clientes trabalham juntos. A combinação certa e a empatia são extremamente importantes. A maioria dos psicólogos concorda que um fator relevante para determinar se você deve ou não trabalhar com um determinado psicólogo é o seu nível de conforto pessoal com o psicólogo. Essa análise é feita uma vez que as credenciais do psicólogo e competência já são conhecidas e estabelecidas. Um bom relacionamento com seu psicólogo é crítico. Escolha um com quem você se sinta confortável e à vontade.

Perguntas a fazer

Trata-se de um psicólogo credenciado junto ao Conselho Regional de Psicologia? Há quantos anos este profissional está praticando a psicologia clínica? Essa pergunta é diferente do tempo de formação. Alguns profissionais se formam bacharéis em psicologia e iniciam sua carreira na área organizacional. Alguns atuam em RH de empresas, hospitais e órgãos públicos. Tempo de formação é diferente de experiência clínica.

Se você tem sentido sinais de ansiedade, depressão e tensão nos ombros. Se tem apresentado problemas (com o meu trabalho, o meu casamento, para comer, para dormir, etc). Verifique que experiência o psicólogo em questão tem para ajudá-lo com estes tipos de problemas. Quais são suas áreas de especialização – por exemplo, trabalha com crianças ou casais? Que tipos de tratamentos ele usa, e se eles se provaram eficazes para lidar com o seu tipo de problema atual. Qual é a sua faixa de preço? Os valores são geralmente baseadas em uma sessão de 45 minutos a 50 minutos. Quantas sessões semanais serão necessárias e por quanto tempo? Que tipos de seguro o psicólogo aceita?

Finanças

Muitos convênios de saúde oferecem cobertura para serviços de saúde mental. Se você tem uma cobertura de seguro de saúde privada (geralmente através de um empregador), verifique com seu plano se sessões de terapia estão cobertas e, em caso afirmativo, como você pode obter esses benefícios. Descubra qual é o procedimento para reembolso das sessões e quanto a companhia de seguros irá reembolsar para serviços psicológicos e que limitações sobre o uso de benefícios podem ser aplicadas.

Se você não está coberto por um plano de saúde privado ou programa de assistência ao empregado, você pode decidir pagar por serviços psicológicos do seu bolso. Clínicas escolas de diversas universidades e escolas de formação também atuam com serviços psicossociais.

Credenciais a serem procuradas

Além do bacharelado em psicologia, é importante observar se este profissional tem se mantido atualizado. Um bom psicólogo está em constante desenvolvimento, estudando, especializando-se e buscando novos conhecimentos.  Nesse sentido, o Código de Ética Profissional do Psicólogo, no item IV de seus Princípios Fundamentais, diz que “o psicólogo atuará com responsabilidade, por meio do contínuo aprimoramento profissional”.

Verifique em que escola este psicólogo graduou-se. Quais cursos de especialização já realizou. Se optou por cursos stricto sensu como mestrado e doutorado. Se é um profissional que possui publicações, procure ler algum texto produzido por ele.

Também é importante que o psicólogo clínico faça sua terapia pessoal e seja acompanhado por um supervisor. A supervisão é recomendada mesmo a profissionais experientes e maduros, não somente para psicólogos recém-formados. O desenvolvimento constante, a terapia pessoal e a supervisão clínica formam o tripé de sustentação para um psicólogo capacitado e responsável.

Fazer terapia vai me ajudar?

De acordo com um resumo da pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, algumas formas de psicoterapia podem efetivamente diminuir a depressão dos pacientes, ansiedade e sintomas relacionados como dor, fadiga e náuseas. A pesquisa apoia cada vez mais a ideia de que a saúde emocional e física estão intimamente ligadas e que ver um psicólogo pode melhorar a saúde geral de uma pessoa.

Há provas convincentes de que a maioria das pessoas que passam por um processo psicoterapêutico com um psicólogo estão muito melhor do que indivíduos com dificuldades emocionais que não são tratadas. Um grande estudo mostrou que 50 por cento dos pacientes melhorou sensivelmente após oito sessões, enquanto 75 por cento dos indivíduos em terapia melhoraram no final de seis meses.

Como vou saber se a terapia está funcionando?

Ao iniciar a terapia, você deve estabelecer metas claras com seu psicólogo. Seu objetivo pode ser superar sentimentos de desesperança associados à depressão ou controlar um medo que está perturbando sua vida diária. Lembre-se, certos objetivos exigem mais tempo para chegar do que outros. Você e seu psicólogo devem decidir qual prazo você pode esperar para começar a ver o progresso.

É um bom sinal se você começar a sentir uma sensação de alívio, e uma sensação de esperança. As pessoas muitas vezes sentem uma grande variedade de emoções durante a terapia. Alguns bloqueios sobre terapia que algumas pessoas podem ter estão relacionadas à dificuldade em discutir experiências dolorosas e perturbadoras. Quando você começa a sentir alívio ou esperança, pode ser um sinal positivo indicando que você está começando a explorar seus pensamentos e comportamento.

Se você está procurando um psicólogo neste momento,  agende sua primeira consulta.  O processo de psicoterapia irá proporcionar resultados excepcionais no médio e longo prazo. Como diria Sócrates: conhece-te a ti mesmo!

Tatiana Pimenta,

tania valiati

Minha vida foi uma eterna busca. Acredito muito que a vida é missionária e você já vem com um propósito. Penso que enquanto você não encontrar seu propósito de alma, você não sossega. "Tânia Regina Valiati"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *